Conselho Comunitário de Segurança realiza reunião de planejamento e cerimônia de homenagem ao Policial Caumo

96

Na noite desta terça-feira (14) o Conselho Comunitário de Segurança de Missal realizou uma reunião para planejar as próximas ações da entidade, além de prestar uma homenagem para o Policia Dirceu Caumo, que está se aposentando da profissão.

O presidente do Conselho, Delmar Borba, conhecido como Buerba, convocou a reunião para que todos os membros colaborassem com ideias e projetos para expandir a ação do Conselho Comunitário de Segurança. Ele agradeceu a presença de todos e destacou que o trabalho da entidade será intensificado.

Quero agradecer a todos que compareceram. Nós vamos atuar cada vez mais junto a comunidade, vamos aproveitar as oportunidades que estão surgindo e, claro, todos os membros do conselho terão vez e voz. Toda ideia será bem vinda. Agradeço a presença das equipes policiais, que estão desempenhando um excelente trabalho, levando em conta a estrutura que estes possuem a disposição. Agradecemos a Administração Municipal, que não tem medido esforços para nos ajudar. Vamos trabalhar cada dia mais para auxiliar as forças policiais e intensificar os trabalhos junto à comunidade. Estamos à disposição de todos para ouvir as demandas e buscar soluções junto aos órgãos competentes”, explicou.

O encontro foi realizado na ASSEMI – Associação dos Servidores Municipais de Missal e contou com a presença dos membros do conselho; Secretário de Indústria, Comércio e Turismo, Rudi Paetzold; Secretário de Administração, Mauro Kern Pauli; prefeito Hilário Jacó Willers, o Maneco; o Comandante da 2ª Cia da Polícia Militar de Medianeira, Capitão Garcia; Sargento Donizetti, da Polícia Militar de Missal; representantes da Polícia Civil de Missal, o Escrivão Giuvani Paulo Calderan e o investigador Clodoaldo Kirnev; além de policiais da ROTAM de toda região.

Logo após a cerimônia de homenagem, um jantar também foi servido aos presentes.

REUNIÃO DO CONSELHO

Em um primeiro momento, os membros do Conselho Comunitário de Segurança realizaram uma reunião para definir e organizar as ações da entidade para os próximos meses e, além disso, ouvir a necessidade das forças policiais locais.

Tanto a administração municipal quanto o Conselho Comunitário de Segurança sempre auxiliaram no nosso trabalho e digo que, graças a esses dois órgãos, nós conseguimos atuar. Não tenho palavras para agradecer a ajuda que recebemos”, comentou emocionado o investigador Clodoaldo.

A partir de 2019, a entidade estará desenvolvendo diversas ações para conseguir recursos para o caixa, dinheiro este que será revertido em melhorias para as policias locais e para trabalhos de conscientização.

O primeiro evento em que o conselho estará atuando, a fim de divulgação e também com objetivo de angariar recursos para as ações locais, é o show que será realizado com a dupla Zezé Di Camargo e Luciano, alusivo aos 56 anos de Missal.

A administração sempre foi parceira do conselho e também sempre auxiliou, na medida do possível, o trabalho das forças policiais locais. Estamos trabalhando junto a deputados e órgãos estaduais para melhorar o trabalho e a segurança no município. Faremos tudo que estiver ao nosso alcance para manter a população segura”, anunciou o prefeito durante o encontro.

Além disso, na pauta da reunião estava a lei que concede 3% do valor arrecadado nas festas promovidas no município para o caixa do conselho de segurança, que utiliza os recursos nos trabalhos de conscientização e auxilio na manutenção dos equipamentos e infraestrutura das Polícias Militar e Civil de Missal.

HOMENAGEM

Após a reunião, foi realizada uma cerimônia de homenagem para o Soldado Dirceu Caumo, que prestou 25 anos de serviço para a Polícia Militar do Paraná. Ele atuou em Itaipulândia e Missal.

O prefeito de Missal, Maneco, entregou um ofício em nome da Administração Municipal, agradecendo e parabenizando o soldado pelo trabalho prestado.

Logo após, o presidente do Conselho, Delmar Borba, entregou uma placa de agradecimento e reconhecimento pela atuação do policial.

Emocionado, Caumo, em seu discurso, citou o amigo Élio Luzzi (in memoriam), pois ele o acolheu e era o seu grande amigo quando chegou a Missal. Por isso, fez questão de que a família de Élio estivesse presente nessa cerimônia.

ENTREVISTAS

Redação/Entrevistas: Daiane Staub/Guia Missal