Drones atacam principal base militar russa na Síria pelo 2º dia consecutivo

73

A base aérea de Hamimim, na Síria, situada na província de Latakia, na qual se posiciona a aviação da Rússia no país árabe, foi atacada nesta segunda-feira por aviões não tripulados pelo segundo dia consecutivo, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

As defesas russas conseguiram derrubá-los e não houve informação de vítimas até o momento, segundo a ONG, cuja sede fica no Reino Unido, mas que conta com uma ampla rede de observadores no terreno.

A ONG assegurou que os ataques, cujos autores não pôde determinar, sacudiram a cidade de Yabla, que fica no sul de Latakia, no litoral mediterrâneo do país.

Não é a primeira vez que a defesa antiaérea russa destrói drones inimigos que se aproximam de seus alvos.

Segundo Moscou, no início de janeiro deste ano 13 aviões não pilotados tentaram atacar a base Hamimim e o porto de Tartus.

Fonte: EFE.