Região Oeste se destaca na geração de empregos no Paraná


impulsionado pelo setor de serviços e da indústria de transformação, o Oeste paranaense se destaca na geração de empregos no Estado. De acordo com levantamento do Caged, o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, vinculado ao Ministério da Economia, a Região abriu 9.172 postos de trabalho de janeiro a outubro deste ano. O número representa mais de 13% das 66.901 vagas criadas no Paraná neste ano, consolidando a área como a terceira no ranking da empregabilidade no Estado, atrás apenas das regiões mais populosas como a Metropolitana de Curitiba e o Norte do Estado.

Cascavel, com 3.375 contratações, Toledo e Foz do Iguaçu foram os municípios que mais se destacaram no Oeste. A economista do Departamento do Trabalho da Secretaria de Justiça, Família e Trabalho, Suelen Glinski, explica que a abertura de vagas se deve, especialmente, pela grande quantidade de frigoríficos na Região. Apenas a atividade de abate de suínos, aves e outros pequenos animais registrou 828 empregos. Segundo a economista, o setor acaba tendo, também, um impacto direto em outras áreas, como as de comércio e serviço, reforçando a cadeia como um todo. (Áudio abaixo)

De acordo com dados do Caged, o Paraná criou novos postos de trabalho pelo sétimo mês consecutivo. Foram 7.406 vagas no mês passado, o melhor outubro desde 2013, marcando uma evolução de 7% em relação ao mesmo período do ano passado. No acumulado do ano, o Estado está entre os que mais geraram oportunidades de trabalho no País, junto com São Paulo, Minas Gerais e Santa Catarina. O Paraná se destacou, ainda, como o estado do Sul do Brasil com o maior número de trabalhadores com carteiras assinadas até outubro deste ano.

 

http://costaoestenews.com/noticia/37060/Regiao_Oeste_se_destaca_na_geracao_de_empregos_no_Parana