Ponte da Amizade ganha sistema de monitoramento inteligente

Parceria entre Receita Federal, ABDI e INDT vai melhorar o controle da fronteira entre o Brasil e o Paraguai com o uso de tecnologias de reconhecimento facial e de placas de veículos, Inteligência Artificial, IoT e Big Data.

A fronteira mais movimentada do Brasil, por onde passam diariamente cerca de 100 mil pessoas e 40 mil veículos, ganhará um importante reforço no controle aduaneiro. A Alfândega da Receita Federal em Foz do Iguaçu, a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e o Instituto de Desenvolvimento Tecnológico (INDT) iniciam as operações do “Fronteira Tech” na Ponte Internacional da Amizade, que liga Foz do Iguaçu/PR à Ciudad del Este/PY. O lançamento do projeto será nesta segunda-feira (16), às 14h30, na Aduana da Ponte Internacional da Amizade.

Na entrada e na saída da Aduana e ao longo da Ponte da Amizade estão sendo instalados 70 equipamentos inteligentes com capacidade de fazer reconhecimento facial e identificar placas de veículos.

A iniciativa busca promover o uso de tecnologias digitais com foco na segurança pública. O software de Inteligência Artificial identifica padrões e gera dados que ajudarão no combate a crimes como contrabando, descaminho e tráfico de drogas e armas. Se um carro for roubado e passar pelo local, o sistema é capaz de identificar rapidamente a placa e emitir um alerta. O mesmo ocorre com a identificação facial para procurados da Justiça, por exemplo.

A expectativa é de que o projeto possa ser replicado em outras Aduanas brasileiras de fronteira, em postos da Polícia Rodoviária Federal, em municípios com elevados índices de criminalidade ou mesmo na segurança de empresas e parques industriais. O investimento na aquisição, instalação e operação dos equipamentos e softwares na Ponte da Amizade é de R$ 5 milhões.

Portal Nova Santa Rosa

http://www.correiodolago.com.br/noticia/ponte-da-amizade-ganha-sistema-de-monitoramento-inteligente/104408/